Share this

domingo, novembro 14, 2010

A Dúvida


Dúvida (derivado do latim dubitare) é uma condição psicológica ou sentimento caracterizado pela ausência de convicção opondo-se à crença/fé e ao saber. Ela é a incerteza ou desconfiança em relação a uma idéia, um facto, uma acção, de uma asserção ou de uma decisão. Para que se estabeleça a dúvida em geral é necessária uma noção de realidade do facto em que existe a suspeita, e isto pode adiar a decisão de acções relevantes ao facto, pois podem estar incorretas ou incompletas.

3 comentários:

tereza.ao.sul disse...

A dúvida, no seu estado mais letal, é um vírus que se instala e que vai minando a razão e o discernimento, tendo como principais sintomas : palpitações, visão turva, raciocínio toldado, velhice precoce e, pior que tudo ... azia !
Ainda não há vacina, nem tratamento, para este vírus, apesar de mais de metade da Humanidade sofrer deste mal.
Assim,mais não podemos senão lidar, nous mêmes, com o problema, e aí :

1. deixá-lo à solta até nos sugar, (a)gastar e infernizar a vida (talvez o modo mais comum de lidar com o problema) ou;

2. encostar à parede quem nos contagiou e obrigá-lo(a) a exorcizar o vírus com uma injecção de verdade (bastante utilizado mas sem resultados porque geralmente o(a) contagiante tem uma grande incapacidade de ligar com seringas) ou;

3. focarmo-nos no vírus e isolá-lo. De seguida, enfiá-lo num frasco escuro com tampa hermética, metê-lo numa gaveta e fechá-lo à chave. Ele não deixa de existir nem nós nos esquecemos dele, mas deixamo-lo num estado de "suspensão" que nos permite levar uma vida normal e saudável até ser descoberto o tratamento adequado. (não é fácil mas a qualidade de vida melhora bastante !)

Bjs

Tereza.ao.Sul (à procura do Norte)

tereza.ao.sul disse...

Nota : onde se lê " ligar com seringas " deve ler-se " lidar com seringas "
Sorry!

June disse...

A isto chamo eu "facilidade e habilidade inquestionáveis de utilizar aquilo a que chamamos massa cinzenta".

Bigadus