Share this

quinta-feira, junho 28, 2007

Sentir




Hoje sinto-me um fóssil.




Espero amanhã poder sentir-me um diamante.


7 comentários:

Miguel disse...

Também o espero ...!

Um BOM FDS!
Bjks da M&M & Cª!

Anónimo disse...

la combinacion perfecta: el saber de un fosil y la bellezade un diamante.Jadube

100 Sentidos disse...

Gostei do pensamento!
Espero bem que sim!

efe disse...

num amanhã de milhões de anos, talvez.

;)

Francisco L disse...

o fóssil está ente dois reinos, o que era e monotonia do mineral.
brilho que é feito de carbono e mái nada, é, somente aparente

Maria Vinagre disse...

Gostei muito desta dualidade do sentir...

Eu como sou apologista do "bonjour tristesse", só tenho a dizer que um fóssil não tem preço! Os diamantes têm!

Por vezes não é o que reluz que tem o profundo valor!

Makejeite disse...

mas que bem disposta, ia dizer que tu fossilisas qualquer diamente mas parei a tempo perante a enormidade da indelicadeza, viceversa lá isso.