Share this

sábado, outubro 11, 2008

Um post para ti


No dia 28 de Junho, escrevi um post sobre uma visita que 3 amigos me vieram fazer a Lagos.
Descrevi, em poucas palavras, a alegria que tive em conhecer pessoas na vida real, com as quais há muito tempo me dava na SL. Companheiras de todos os dias, alegres, bem dispostas, inteligentes, sensíveis, perspicazes, daquelas com quem se pode ter uma conversa profunda, a Summer e a Margarita (Maggie).
O IB veio de Silves juntar-se a nós e divertimo-nos nessa noite o mais que pudemos, no pouco que eu pude organizar para uma tão breve visita.

Somos todas residentes em Portucalis (SL), vivemos perto umas das outras, a Maggie é minha vizinha, vive na ilha da frente, por trás do rochedo.

Comecei a escrever e, de repente, tudo ficou branco, o pensamento deixou de ter coerência.

Vou só dizer que este post não é uma repetição do que na altura escrevi, este post até quase não faz sentido, mas faz parte de um recordar de flashes e situações que desde as 19 horas de hoje, 10 de Outubro, rola pelo meu cérebro a toda a velocidade, à velocidade de um teleport na SL.

Eu gostava de dizer mais, muito mais, sobre essas recordações, mas não consigo.

Digo só que, ao contrário desse dia tão alegre, hoje estou muito triste, porque a Maggie, subitamente, deixou de existir. Faleceu esta tarde em Lisboa.

Onde quer que estejas, Margarita Philbin, este post é para ti.

Sem comentários: